Consulta de Exame

Solicite sua coleta
em domicílio


83 3208.5353

ACIDO URICO

DESCRIÇÃO DO EXAME.



Sangue: o ácido úrico é o produto final do metabolismo das purinas, estando elevado em várias

situações clínicas além da gota. Somente 10% dos pacientes com hiperuricemia têm gota. Níveis

elevados também são encontrados na insuficiência renal, etilismo, cetoacidose diabética, psoríase, pré-

eclâmpsia, dieta rica em purinas, neoplasias, pós-quimioterapia e radioterapia, uso de paracetamol,

ampicilina, aspirina (doses baixas), didanosina, diuréticos, beta-bloqueadores, dentre outras drogas.

Diminuição dos níveis é encontrada na dieta pobre em purinas, defeitos dos túbulos renais, porfiria, uso

de tetraciclina, alopurinol, aspirina, corticóides, indometacina, metotrexato, metildopa, verapamil,

intoxicação por metais pesados e no aumento do clearance renal.




Urina: cerca de 70% do ácido úrico é eliminado pelos rins. Esta dosagem é útil em pacientes com

cálculos urinários para identificação daqueles com excreção urinária de urato aumentada. Álcool causa

diminuição do urato urinário. Anti-inflamatórios, vitamina C, diuréticos e warfarim podem interferir no

resultado.




Líquido sinovial: pode ser útil no diagnóstico diferencial de artropatias